Select your Language

terça-feira, 8 de agosto de 2017

Rudolf Schenker critica o muro de Trump

Ao contrário do ex-baterista do Scorpions, James Kottak, que declaradamente apoia o presidente dos EUA Donald Trump e suas medidas separatistas, o guitarrista Rudolf Schenker criticou o plano de Trump de construir um muro entre os Estados Unidos e o México, afirmando que “Construir barreiras não é a resposta.”
Um dos pilares da campanha de Trump em 2016, a eficácia do muro tem sido questionada por muitos, com alguns descrevendo isso como  “limitado ao máximo” e "impraticável”. Grupos de advocacia da imigração argumentam que isso não impediria a passagem de imigrantes ilegais.
Trump prometeu que quem acabará pagando pela construção do muro será o México, que deve custar em torno de 21 bilhões de dólares, ainda que o país afirme que não irá pagar.
Como alemão, Schenker viu como o muro de Berlim – que separava a Alemanha Ocidental e Alemanha oriental tanto fisicamente quanto politicamente -  teve muitas consequências duradouras através de divisão de famílias, amigos, cultura e nação.
Questionado pelo Loudwire sobre um conselho para quem apoia a construção do muro entre USA e México, Rudolf respondeu: “Eu te digo uma coisa: como nós aprendemos, construir barreiras não é a resposta. Esse não é o caminho. Eu acho que isso seria talvez um monumento, mas eu penso que, cedo ou tarde, o muro irá ruir porque muros nunca duram muito tempo. Tá, nós temos a grande Muralha da China até hoje, mas isso é mais uma atração turística do que um muro separando pessoas de todas as outras. Nesse caso, o que eu posso dizer? Eu não sou um político, mas eu fico muito triste quando vejo coisas como essa porque é retrocesso. Algumas pessoas derrubam barreiras e outras constroem de novo. É estúpido, mas é a forma como a vida se move, às vezes.”
No mês passado, a “House of Representative” arrecadou 1,6 bilhões de dólares para construir o muro, uma fração do custo estimado do projeto.  
Rudolf não é o primeiro músico do rock a falar em público contra a proposta de muro do Trump. Em março, o baterista do Metallica, Lars Ulrich, disse que ao programa mexicando Las Estrellas: “Eu não acho que o mundo precise de qualquer muro. Eu acho que precisamos unir as pessoas.” Ele continuou: “Metallica viaja pelo mundo todo, e através da música nós tentamos unir as pessoas. Então estejamos nós no México, na Ásia, na Europa ou onde quer que seja, nós encorajamos o máximo de pessoas diferentes, dos mais diferentes lugares, a se unirem e compartilharem música, vida, cultura e todas essas experiências.”

Fonte: Blabbermouth

Youtube

Loading...