Select your Language

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

"Não falamos mais em despedida, tudo pode acabar amanhã"

Em matéria da revista Vegas Rocks!, o vocalista Klaus Meine explicou que a banda desistiu de fazer uma turnê de despedida.

"Não queremos mais falar sobre turnê de despedida. Não faremos mais nenhuma previsão sobre o futuro, inclusive perdemos alguns amigos próximos nos últimos meses. Nosso empresário, Peter Amend, há quase um ano que ele se foi, e nosso gerente de turnês, Michael Gehrke, faleceu no início deste ano, então passamos por momentos tristes nos últimos meses. Ao mesmo tempo estamos gravando este álbum e de volta à estrada e tudo mais. Mas veja, tudo pode acabar amanhã - quando coisas assim acontecem você percebe que tudo pode acabar de uma hora pra outra. Então aproveitamos o presente, curtimos o que estamos fazendo, mas nunca se sabe. Então, sem previsões. Estamos aqui agora aproveitando o momento, e quando vamos à América fazemos de tudo para nosso show seja o máximo para os fãs e tentamos não pensar muito sobre o que vai acontecer no próximo ano, o que vai acontecer em 2017. Sei que em 2018 farei 70 anos. Isto é assustador, vi os Rolling Stones ano passado aqui em Berlin, e eu estava perto de Steven Tyler (Aerosmith), eu e Steven estávamos assistindo Mick Jagger - ele dançava e enlouquecia no palco. E eu disse para Steven 'Veja, ele está com 70 anos, isto não é fantástico?'. E Steven me disse 'Klaus, tenho 66!' E eu disse pra ele 'Eu também!" Então estamos todos envelhecendo, mas ainda continuamos aqui com a mesma paixão. E eu acho que continuamos com o coração jovem, e recebemos muito energia da plateia, dos fãs, e isto é uma coisa muito boa".

Fonte: Whiplash!

Youtube

Loading...